Low Cost Level Europe do Grupo IAG pediu insolvência

Aeronave A330 da Low Cost LEVEL do Grupo IAGA companhia aérea Low Cost Level Europe pediu a insolvência e deixou de operar a 18 de Junho de 2020, tornando-se a mais recente vítima aérea da crise de coronavírus, apesar do poder financeiro da controladora IAG.

Esta pequena transportadora, anteriormente conhecida como ANISEC, começou a operar em 2018. Ela possui seis jatos de curta distância da Airbus e faz parte do Grupo Vueling, pertencente à IAG.

A IAG, proprietária das companhias aéreas British Airways e da Iberia, também opera uma companhia aérea de longo curso chamada Level, que é distinta da Level Europe.

A Level Europe culpou a pandemia do COVID-19 pela decisão de interromper as operações, juntando-se a uma lista crescente de companhias aéreas em insolvência, como por exemplo a flybe, depois da maioria dos aviões de todo o mundo terem ficado parados ​​por vários meses durante os isolamentos devido ao coronavírus.

O grupo IAG, que também é dono da Aer Lingus, disse em Abril que tinha 10 mil milhões de euros em liquidez, mas o presidente-executivo Willie Walsh disse que a crise continua e alertou que a British Airways está a lutar pela sua sobrevivência. A British Airways deverá cortar 12.000 empregos.

Publicado em Low Cost.