Projecto Comboio TGV vai ligar Moscovo a Pequim em 2 dias

Possível linha comboio TGV que liga em 2 dias Moscovo a PequimA China e a Alemanha são os principais investidores de um projecto para uma linha de comboios de alta velocidade (TGV) que pretende fazer a ligação entre Moscovo e Pequim em 2 dias. O projecto arranca durante o próximo ano e deverá estar concluído daqui a 8-10 anos, isto é, na melhor da hipóteses em 2024.

Uma iniciativa de um Grupo de empresas alemãs quer financiar em cerca de 2.000 milhões de euros o troço ferroviário de alta velocidade entre Moscovo e Kazan, capital e maior cidade da República do Tartaristão, de acordo com o vice-presidente das Linhas Ferroviárias Russas (RZD), Aleksandr Misharin.

Ele acrescentou que a Rússia não assinou ainda nenhum memorando, mas que os fundos de investidores estrangeiros podem ser necessários para dar inicio ao projecto em 2016.

Pequim também já manifestou interesse em financiar o ambicioso projecto, dizendo que vai colocar até 6.000 milhões de euros. O investimentos total desta joint-venture Rússia-China nos comboios deverá atingir os 15.000 milhões.

O custo total dos 770 quilómetros que ligam a capital Russa a Kazan está estimado em 2.140 milhões. Com a ligação TGV espera-se reduzir o tempo de viagem entre as duas cidades, das actuais 14 horas para apenas três horas e meia. O comboio será capaz de atingir velocidades de 400 quilómetros por hora.

A ligação dos caminhos de ferro Moscovo-Kazan irá encurtar a distância entre Moscovo e Pequim, pois os dois países planeiam um comboio de alta velocidade que ligará as suas capitais, em menos de 48 horas. Em Janeiro, Misharin tinha afirmado que a construção da via Rússia-China levaria entre 8 a 10 anos. Ele comparou a nova rede ferroviária ao Canal de Suez em termos de escala e importância.

Publicado em Destinos nos temas , .