Movenpick amplia-se no sul da Ásia com terceiro hotel em Bangladesh

Projecto do hotel Movenpick Khulna no BangladeshA empresa de gestão hoteleira suíça, Movenpick Hotels & Resorts, assinou um terceiro hotel em Bangladesh, na cidade de Khulna, para aumentar ainda mais a sua presença no florescente destino do sul da Ásia. O acordo segue o rumo firme e concertado da empresa em Bangladesh, com projectos já em curso em Cox Bazar e na capital Dhaka.

Segundo o FMI, a economia de Bangladesh tem a segunda maior taxa de crescimento a nível mundial em 2016, com uma subida de 7,1%. A população é de 163 milhões, e o país atraiu mais de 450.000 turistas estrangeiros em 2015.

Localizado perto do estádio nacional de críquete Sheikh Abu Naser e do Património Mundial da UNESCO Sundarbans, o Mövenpick Hotel Khulna foi projectado pelos Arquitectos Consultores Sthapona, e está previsto para abrir no primeiro trimestre de 2019, com 240 quartos e cinco restaurantes/bares: um restaurante aberto durante todo o dia, dois de especialidades, um café, um lobby bar e um restaurante/bar no último piso.

O grupo Ritz-Carlton também apostou num resort no sitio classificado Património da Unesco: Vale Jiuzhaigou na China.

Outras facilidades das instalações incluem um spa, sauna, salão de beleza, piscina infinita, jacuzzi, banho turco, ginásio, health club e três lojas.

“Estamos muito satisfeitos por assinar o nosso terceiro hotel no país e sermos a primeira cadeia internacional hoteleira em Khulna em parceria com os proprietários da propriedade, Ahyan Hotel & Resorts Limited”, disse Andrew Langdon, vice-presidente sénior para a Ásia do Mövenpick Hotels & Resorts.

Publicado em Hotéis nos temas .