Scandic Hotels organiza o maior almoço cego do mundo num hotel

Almoço cego no hotel Scandic Continental em EstocolmoTodos os anos, 3 de Dezembro é o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência. E para destacar este importante acontecimento anual, o Scandic Hotels organiza o maior almoço cego do mundo para que as pessoas possam experimentar, ainda que apenas por um curto período, como é comer uma refeição em completa escuridão.

Só na Suécia, cerca de 1.8 milhões de pessoas vivem com algum tipo de deficiência e as questões que enfrentam nem sempre são prioritárias. Uma maneira de destacar isso é experimentar fisicamente o que é viver com uma deficiência visual. Leva apenas alguns minutos a colocar uma máscara cega para entender o quão importante é a assistência e o serviço adequado. “Esta ajuda não é disponibilizada actualmente em todos os lugares – e é o que estamos a trabalhar para mudar”, disse Magnus Berglund, director de acessibilidade do Scandic Hotels Group.

O maior almoço cego do mundo foi organizado no hotel Scandic Continental no centro de Estocolmo. Várias federações, empresas e organizações que trabalham em projectos de deficiência foram convidadas, bem como membros do público em geral. No total, 230 pessoas sentaram-se para desfrutar de uma refeição deliciosa sem ver nada – uma tentativa de um novo recorde mundial que agora foi reportado ao Guinness Book of Records para confirmação.

Os hotéis Scandic em toda a Noruega, Finlândia, Dinamarca e Alemanha também estão a organizar eventos locais e a informar os seus hóspedes sobre o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência para destacar este importante dia. Na Noruega, por exemplo, os gerentes de hotéis aceitaram o desafio de passar o seu dia de trabalho normal numa cadeira de rodas, uma maneira muito boa de garantir que os seus hotéis realmente atinjam os padrões líderes do sector que o Scandic estabeleceu quando se trata de acessibilidade.

O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Este dia foi proclamado em 1992 pelas Nações Unidas. O objectivo é aumentar a consciencialização sobre a situação das pessoas com deficiência em todos os aspectos da vida política, social, económica e cultural. Pode ler mais sobre este dia no site das Nações Unidas [AQUI] (em inglês).

A industria do turismo tem mostrado alguma sensibilidade quanto à adaptação das suas organizações às pessoas com deficiência, nomeadamente através do Comité Mundial de Ética no Turismo (WCTE). Como exemplo o WCTE concedeu aos Hotéis Ilunion o Prémio de Ética da OMT. O Prémio distingue a Ilunion Hotels pelo seu trabalho na área de turismo acessível para todos.

Deixe aqui o seu comentário