Cabo Verde é dos países da África Ocidental com mais hotéis previstos

Vista aérea de Santa Maria na ilha do Sal em Cabo VerdeA África Ocidental tem estado no centro do crescimento e transformação económica deste continente nos últimos anos. Apesar da forte desaceleração experimentada em 2016 e inicio de 2017, a economia da região deverá recuperar em 2017. As economias baseadas em commodities, como a Nigéria, estão a recuperar lentamente da queda dos preços do petróleo, enquanto países como a Costa do Marfim, Mali e o Senegal mostraram resiliência económica e crescimento sustentado. Enquanto muitos dos países continuam a estabilizar – politicamente e economicamente – a região está a melhor a sua integração a partir de um contexto local e internacional. Este crescimento de integração faz aumentar a necessidade de infraestruturas de viagens e alojamentos de qualidade.

O crescimento do sector hoteleiro é um indicador importante para medir se um mercado está a desenvolver a sua infra-estrutura de viagens, e os indicadores para a África Ocidental são mistos. De acordo com o relatório 2017 Hotel Chains Pipeline do W Hospitality Group, a África Ocidental tem em perspectiva 114 hotéis e 20.790 quartos, representando 42% do do total da África subsariana. No entanto, dos acordos assinados e planeados, apenas aproximadamente 9.875 quartos, ou 48% entraram em construção.

Além disso, os projectos na região têm períodos de desenvolvimento maiores do que a média, aproximadamente seis anos, em comparação com o programa de desenvolvimento de dois a três anos em média. Alguns dos motivos desses atrasos são o alto investimento de capital exigido, a falta de acesso a opções de financiamento adequadas, o acesso limitado a matérias-primas, elevado custo da construção e dos materiais, uma forte dependência da importação, capacidade técnica inadequada para gerir o programa de desenvolvimento e outras barreiras iniciais.

Dos hotéis planeados para a África Ocidental, a Nigéria contribui com 49,6% ou seja mais de 10.000 quartos em 61 unidades. A Nigéria também é o principal mercado em África para o número de quartos em desenvolvimento.

Os outros mercados importantes na África Ocidental incluem Cabo Verde com 11 hotéis e 3.478 quartos, seguido do Senegal com 14 hotéis e 2.164 quartos. Estes três mercados contribuem com um total de 15.955 quartos, ou seja 77% dos hotéis previstos para África Ocidental.

,

Deixe aqui o seu comentário